Coleção Sombras da Terra

Sombras da Terra: Magia Negra

Tempo de leitura: 7 min

Este é o artigo inaugural dessa nova coleção de posts que farei abordando as sombras no planeta Terra. O objetivo da Coleção Sombras da Terra não é plantar o medo e sim divulgar informações, pois o conhecimento pode ser uma das chaves para a libertação.

Decidi começar uma Coleção de posts que abordam as sombras pois este planeta possui um altíssimo grau de negatividade, ou seja, é muito fácil a nós, humanos da superfície terrestre, nos envolvermos a qualquer momento em situações de baixa vibração. Ninguém está isento dessa possibilidade. Porém, acredito que quanto mais informada uma pessoa está sobre esse assunto, menor são as chances dela se envolver na negatividade.

A intenção é produzir textos objetivos, assertivos e informativos, livres de quaisquer impressões de medo, esse padrão vibratório de aprisionamento e controle.

E o primeiro tema tratado nessa Coleção é a Magia Negra. Poucos sabem, mas infelizmente muitas pessoas hoje em dia recorrem a essa prática como meio de solucionar problemas ou realizar conquistas na vida. Conheço muitas pessoas próximas que foram alvo de magia negra, nos atendimentos os casos de magia negra não são raros, e recentemente eu também fui alvo de um desses trabalhos, que só pode ter vindo de uma mente infantil e perversa pois mentes harmônicas e maduras não recorrem a esse tipo de prática.

O fato é que essa prática ainda é muito comum, refletindo sim o grau de consciência das almas que encontram-se presentes aqui na superfície deste planeta. Além disso, a magia negra é uma das ferramentas utilizadas pela AAN (Agenda Alien Negativa) para o controle da humanidade. E a informação vem para trazer um feixe de luz à consciência, para que essas forças sejam reconhecidas.

Parte do conteúdo desse artigo é baseado no material de Lisa Renee, adequadamente referenciado no final deste texto.

Maneiras de definir magia negra

Há diferentes níveis de propagação da magia negra e todas baseiam-se em gratificar o ego, tal como utilizar magia negra para prejudicar os outros. Algumas formas de se definir magia negra:

  • Praticar rituais baseados em serviços e métodos de gratificação do ego, para ganho pessoal e lucro às custas dos outros;
  • Envio de maldições, feitiços e padrões negativos de energia para pessoas com a intenção de causar dano, como deixá-las doentes ou desejar que elas morram;
  • Utilizar-se de enganos, esquemas e manipulação com a intenção de prejudicar outra pessoa;
  • Praticar sacrifícios de sangue em rituais que resultam no aprisionamento da alma do ser envolvido;
  • Praticar Artes Negras para invocar elementais negativos e demônios para trabalhar para o praticante;
  • Adquirir conhecimento sem moderar pela consciência superior, o que resulta em atividades de sucubos ou no roubo da força vital de outros para ser utilizada em ganhos próprios;
  • Utilização de energia eletromagnética para criar implantes aliens, inserções holográficas ou armas etéricas para tecnologicamente agredir e mirar no outro;
  • Magia negra utilizada em atos sexuais para invocar forças e prender a alma da pessoas através de estupro ou sodomia forçada;
  • Qualquer ato sexual forçado em que não há consentimento entre as partes ou com crianças;
  • Utilizar Inteligência Artificial para exploração das consciências através do controle mental das pessoas, implantação de pensamentos e controle das percepções da realidade para se obter vantagens;
  • Abusos de bio-tecnologia em todas as indústrias, tal como espalhar os rastros químicos (chemtrails), OGM (organismos geneticamente modificados), manipular o DNA humano para criar doenças, embriões humanos abortados colocados no abastecimento de alimentos, injeção de patógenos através de vacinas, são todos considerados ferramentas da prática de magia negra;
  • Sacrifício de sangue humano, sacrifício de sangue animal, beber sangue, canibalismo e sexo em ambiente de ritual.

Magos negros existem no reino humano e em todas as dimensões. Muitos trabalhadores espirituais lidam com magos negros no astral, humanos e não-humanos, que constantemente lançam armas etéricas, maldições e implantes com a intenção de nos prejudicar ou nos deixar doentes, do astral ou durante o estado de sono. Por isso da importância de conhecer essas forças e também estar em dia com sua espiritualidade (através de preces, meditações ou qualquer outra prática que traga harmonia ao dia a dia) neste final de ciclo.

Magia branca ou magia negra

No contexto adequado para a compreensão de que tudo é feito de energia, toda energia é inteligente e consciente e essa energia influencia o mundo a nossa volta. Isso nos ajuda a facilmente identificar a diferença entre o que se refere como magia branca, energia positiva, e magia negra, energia negativa. Aqueles que possuem o conhecimento de energia e praticam meditações para focarem suas consciências em intenções positivas, que são amáveis, gentil, compreensivos e buscam verdadeiramente não fazer mal mal nem a si e nem aos outros, são ditos magos brancos. Magia branca tem sido tradicionalmente tida como a utilização de poderes ou magia da consciência para propósitos altruístas, tais como curas, bençãos, rezas, limpezas e trabalho na rede planetária. Adquirir conhecimento da mecânica da consciência e praticar em si não é mal, como nos é ensinado por aqueles que desejam que tememos essas práticas.

Para realmente praticar a utilização positiva de direcionar nossa energia consciente a serviço dos outros, devemos purificar nosso corpo e nossa consciência dos desejos negativos do ego e permitir que sejamos um canal limpo de genuínas intenções com base no coração para servir nosso espírito interior ou desejo divino. Através da busca da dedicação espiritual para desenvolver amor incondicional, ética da virtude, bondade e se comunicar com os espíritos crísticos, um permite se tornar um mago branco. Permitindo que as forças da bondade fluam através de nosso vaso físico e que circule a luz interior, enquanto abençoa o mundo ao nosso redor. Este é o resultado natural da ascensão espiritual e da expansão da consciência para alcançar a liberdade espiritual. Não é a identidade do ego que realiza isso, é a centelha divina que transforma e cura a escuridão, da perfeição da luz cristal universal que pode flui através de nós.

A energia opositora da bondade, aqueles com ego negativo e doente buscarão o avanço de seus próprios desejos egoístas às custas dos outros, espalhando aspectos odiosos que são destrutivos, são aqueles que conjuram com forças negras e magia negra.

___
Referências
RENEE, Lisa. Mainstreaming Satanism and Luciferianism. Disponível em: https://energeticsynthesis.com/index.php/resource-tools/news-shift-timelines/3417-mainstreaming-satanism-and-luciferianism. Acesso em: 05 mar. 2019.

Créditos da imagem de capa: Elliott Engelmann.

Este artigo possui direitos autorais, porém, pode ser reproduzido em qualquer meio contanto que seja oferecido gratuitamente, não seja alterado e que os créditos sejam adequadamente atribuídos a este site. Para isto, mencionar o nome (‘Casa Amarylis’) e endereço deste site (‘http://www.casaamarylis.com.br’). Em caso de dúvidas, consulte os Termos de uso.

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo